Sobre o óbvio

Darcy Ribeiro

R$ 10,00

Este ensaio que a Editora Lutas Anticapital aqui publica em forma de livro de bolso sintetiza muito do pensamento de Darcy Ribeiro. Como o leitor perceberá, ele traz duas questões que marcaram a trajetória desse mineiro de Montes Claros (MG): 1) por que a classe dominante sempre vence? 2) por que o Brasil não deu certo ou, como proferido por Darcy nesta palestra que agora se reedita: quais as causas do nosso fraco desempenho nesse mundo?
O texto caracteriza-se pela linguagem coloquial visto ser resultado de uma palestra. Seu ponto de partida é a crítica – construída de forma bem humorada e até debochada – às teses conservadoras que predominaram sobre a interpretação do fracasso brasileiro para atingir padrões de desenvolvimento e de estágio civilizatório idênticos aos de outras nações, inclusive contemporâneas a nós. Teses defendidas por nossas elites e por parte da intelectualidade local colonizada desde sempre; teses tão óbvias que se explicariam por si só e que foram sacralizadas, por muito tempo, como verdades sobre nossa (má) formação.
FERNANDO CÉZAR DE MACEDO | UNICAMP

Darcy Ribeiro (1922-1997), como autor, não pode ser definido em um único escaninho do conhecimento. Ele foi um produtor incansável de livros e estudos. Mas não apenas um “estudioso”. A teoria e a prática estiveram intensamente atadas neste autor tão rico em abordagens. Ele foi um semeador de universidades, criando o projeto inicial de várias delas em países da América Latina, inclusive no Brasil, a UnB – Universidade Nacional de Brasília, um dos motivos de seu exílio. Pela variedade de seus estudos, integrados sempre numa totalidade teórica e histórica, Darcy pode ser considerado um antropólogo – “especialidade” na qual ele talvez seja mais conhecido – mas é também um historiador, um sociólogo, um cientista político, um educador, para dizer o mínimo. Ou seja, melhor não tentar classificá-lo nestes termos, pois limitaria a compreensão da abundância de suas qualidades.
ANGÉLICA LOVATTO | UNESP

Livro completo em PDF

Comments are closed.